Portugal aumentará impostos sobre bebidas açucaradas

1637

Os consumidores portugueses de bebidas com alto teor de açúcar, cerveja, licores e bebidas espirituosas podem ter que pagar mais impostos em 2018.

Isso decorre do esboço do Orçamento do Estado de 2018. A proposta é aumentar o imposto principalmente em refrigerantes em até 1,5% e definir novas taxas de imposto com base no teor de açúcar.

Um imposto sobre as bebidas com alto teor de açúcar foi introduzido em fevereiro, e o Ministério da Saúde de Portugal calculou que isso reduziu as vendas de refrigerantes em 25% .

Imposto sobre bebidas

Os impostos sobre cerveja, bebidas espirituosas e vinhos licorosos também aumentaram 1,5% em 2018, além do aumento deste ano de 3%. Esta proposta foi negativamente recebida pelo setor de bebidas em Portugal.

Francisco Gírio, secretário-geral da Associação Portuguesa de Produtores de Cerveja (APCV), disse que o aumento do imposto sobre cerveja e bebidas espirituosas é “inadmissível”.

Ele acrescentou que isso teria um efeito negativo no setor de fabricação de cerveja, que contribui anualmente com 250 milhões de euros para exportações portuguesas e é responsável por 70 mil empregos diretos e indiretos.

.

Quer trabalhar com a internet e sem correr riscos? CLIQUE AQUI.