5 Razões para Viver e Investir em Lisboa

Olá Pessoal, tudo bem com vocês? espero que sim hein…
Hoje vamos listas 5 Razões para Viver e Investir em Lisboa, então sem mais delongas!
Vamos ao artigo!

Lisboa procura e começa a atrair sangue novo. A “bela adormecida” da Europa durante o século XX acordou depois da Expo 98, e lisboetas e estrangeiros têm injetado inovação na cidade, apesar de todas as dificuldades econômicas. Lisboa está a caminho de tornar-se uma das cidades mais atrativas da Europa, para viver e para investir.

1: Localização

Uma das principais vantagens de estar em Lisboa é o fato de a cidade ser a capital europeia mais próxima dos Estados Unidos e da América Latina, especialmente do Brasil, existem mais voos de Lisboa para mais cidades brasileiras do que de qualquer outra cidade do mundo. Lisboa também mantém relações privilegiadas com as suas ex-colônias africanas, particularmente com Angola.
Está também a menos de uma hora de Madrid, com vários voos todos os dias, e a cerca de duas horas e meia de Paris e de Londres (é a única capital europeia no mesmo fuso horário da capital britânica).
Estar na ponta da Europa também significa que os portos de Lisboa, de Sines e de Setúbal, são portas de entrada para o velho continente e para um mercado de 250 milhões de lusófonos espalhados pelo mundo.

2: Clima

Com cerca de 300 dias de sol por ano, sem neve e temperaturas que nunca chegam a baixo de zero, Lisboa é uma cidade verdadeiramente abençoada. É um privilégio viver onde é possível ir à praia em outubro ou março, onde se pode sentar confortavelmente numa esplanada em fevereiro, e onde não existem preocupações com os perigos do gelo nos passeios.

3: Segurança

É oficialmente a capital com a menor taxa de homicídios na Europa e com o menor número de residentes que foram vítimas de qualquer crime nos últimos cinco anos, sendo por isso a capital mais segura do continente. Obviamente, como em qualquer outra grande cidade, isso não significa que o crime não existe — pequenos delitos como o roubo de carteiras ou assaltos a automóveis não são infrequentes. Mas comparando a criminalidade de Lisboa com a de qualquer grande cidade do mundo, dá-se graças pela segurança que os lisboetas ainda têm.

4: Qualidade de Vida

Segurança e um clima agradável são apenas dois fatores que contribuem para uma elevada qualidade de vida em Lisboa. A liberdade, direitos humanos, uma democracia estável, espaços recreativos e de lazer, também fazem da capital portuguesa um dos melhores lugares para se viver na Europa. Os lisboetas podem estar na praia a poucos minutos do centro da cidade, ou podem desfrutar da natureza em vários espaços verdes, como Monsanto, o maior parque florestal urbano da Europa. Golfe, surf (a primeira reserva de surf da Europa fica a 30 minutos de distância) e outras atividades ao ar livre também são mais acessíveis aqui do que em outras capitais europeias.
Os lisboetas vivem a reclamar sobre tudo o que está errado na sua cidade (e terão sempre razões para isso), mas no fundo têm uma vida descontraída com um ritmo muito mais humano, refletindo-se nos seus longos jantares, nas pausas para café, e nas paragens para simplesmente apreciar as vistas…

 

5: Oportunidades Imobiliárias

Quando as classes mais altas mudaram-se para os subúrbios à beira-mar (Cascais, Estoril e Sintra) e a classe média mudou-se para a periferia, o centro de Lisboa foi abandonado, restando as classes mais baixas (sobretudo pensionistas com rendas congeladas). Os edifícios chegaram a um estado avançado de degradação, mas nas últimas duas décadas tem havido um esforço para reabilitar o centro histórico. Ainda parece que grande parte das obras estão por fazer, mas olhando para fotografias de bairros como Alfama de há vinte anos atrás, verifica-se o muito que já se conseguiu reabilitar. Com a população mais idosa a desaparecer, investidores mais jovens renovam casas e descobrem o encanto e o privilégio de viver no centro da capital.
Os estrangeiros também já descobriram Lisboa, e têm adquirido edifícios inteiros nos bairros mais antigos. O ambiente histórico também atrai turistas, e a tendência atual é a reabilitação de prédios para apartamentos turísticos.
Apesar do crescimento da reabilitação, os preços dos imóveis não têm subido muito. Isso deve-se à super valorização do imóvel, mas os que podem investir verão que não há melhor momento do que agora, especialmente quando num futuro próximo haverá menos oportunidades e os preços serão inevitavelmente mais altos.

Saiba como Morar em Portugal Passo à Passo

Conheça o GUIA Oficial Morar em Portugal
Morar em Portugal é um guia completo para quem deseja trabalhar, residir ou passear na terra de Cabral.

Ao acessar o guia, você terá acesso as informações abaixo:

  1. Planejamento de moradia
  2. Emissão de passaporte comum
  3. Emissão de passaporte de emergência
  4. Quanto levar em dinheiro?
  5. Como escolher passagens aéreas?
  6. Como escolher hotel barato?
  7. Que documentos autenticar no Brasil?
  8. Documentos necessários para apresentar na Imigração
  9. Média de custos para os primeiros meses de moradia
  10. Despesas básicas
  11. Que documentos preciso ter para morar em Portugal?
  12. Onde morar?
  13. Como consigo vagas de emprego em Portugal para brasileiros?
  14. Matriculas escolares para filhos
  15. Como faço para me legalizar?
  16. Como tirar habilitação em Portugal?
  17. Comprando carro barato em Portugal
  18. Como estudar em uma universidade portuguesa?
  19. E muito mais! São mais de 50 aulas, vídeos e ebooks com informações preciosas sobre a imigração de brasileiros para Portugal.



Cadastre-se em nossa Lista

Ivan Vasconcelos

Brasileiro, publicitário e web marketing que gosta de passar informações sobre a vida em Portugal.

Website: