Como abrir empresa em Portugal – Documentos, valores e dicas

0
5125
como abrir empresa em Portugal

Como abrir empresa em Portugal sendo brasileiro? Documentos, valores e dicas

Você tem aquele sonho de abrir uma empresa em Portugal? Então saiba que o país oferece muitas oportunidades para os empreendedores brasileiros, isso mesmo! muitas oportunidades!.

Confira a matéria para entender o processo de abertura de empresa, veja agora os documentos necessários e dicas iniciais para obter sucesso na empreitada. Vamos lá?!!

Dúvidas sobre abrir um negócio em Portugal? Conheça o Nosso Guia Completo! Guia Morar Em Portugal – Lá você encontra tudo o que você precisa para Morar Em Portugal, Abrir empresa, Comprar Casa e Muito mais! – CLIQUE AQUI!

Tipos de Empresas Em Portugal:

Você poderá escolher entre as duas modalidades de empresas que existem em Portugal, a Empresa INDIVIDUAL (Singular) e a Empresa COLETIVA. Porém, existem algumas diferenças entre elas que são:

A Empresa Individual (Singular) no caso é o Nome do Empresário Individual, Sociedade Unipessoal por quotas ou Estabelecimento Individual de Responsabilidade Limitada.

A Empresa Coletiva nesta modalidade é Sociedade por Quotas, Sociedade Anônima (S.A.), Sociedade em nome coletivo, Sociedade em Comandita ou Cooperativa.

Preciso de Capital Inicial Para Alguma Dessas Modalidades ?

Empresa Singular – Empresário Individual: Não existe quantidade mínima para o capital social.

Empresa Singular – Sociedade Unipessoal por quotas: Não existe quantidade mínima para o capital social.

Empresa Singular – Estabelecimento Individual de Responsabilidade Limitada: Não existe quantidade mínima para o capital social.

Empresa Coletiva – Sociedade por Quotas: Capital mínimo de 5.000€ dividido por quotas de valor no mínimo de 100€).

Empresa Coletiva – Sociedade Anônima (S.A.): Capital Mínimo de investimento 50.000€ que pode ser dividido em ações de igual valor,  com o valor mínimo de um cêntimo)

Empresa Coletiva – Sociedade em Nome Coletivo: Não existe quantidade mínima para o capital social.

Empresa Coletiva – Sociedade em Comandita: Capital mínimo obrigatório de 50.000€.

Empresa Coletiva – Cooperativa: Capital mínimo de 2.500€.

Documentos necessários (Empresa Singular)

  • Cartão de contribuinte (NIF)
  • Documento de identificação (cartão de cidadão, bilhete de identidade, passaporte ou autorização de residência)
  • Cartão de beneficiário da Segurança Social (facultativo)

Documentos necessários (Empresa Coletiva)

  • Código de acesso ao cartão da pessoa coletiva ou cartão da empresa.
  • Ata da Assembleia Geral que confirma poderes para a constituição de sociedade

Agora que você já sabe quais são os tipos de empresas e documentos necessários para poder abrir uma empresa em Portugal, veremos a seguir 7 Dicas de como abrir um negócio em Portugal – Dicas Empreendedoras!

Dúvidas sobre abrir um negócio em Portugal? Conheça o Nosso Guia Completo! Guia Morar Em Portugal – Lá você encontra tudo o que você precisa para Morar Em Portugal, Abrir empresa, Comprar Casa e Muito mais! – CLIQUE AQUI!

1 – Viaje primeiro como turista

Antes de tomar a iniciativa de abrir um negócio em Portugal, experimente primeiro viajar para o país como turista. O visto de turismo é válido por até 90 dias. Aproveite esse tempo e pesquise as possibilidades de negócios e conhecer os mercados que estão em alta em Portugal.

2 – Conheça as áreas promissoras em Portugal

Nove áreas são apontadas pelo site E-konomista como os “negócios mais promissores para 2018”. São elas:
COSMÉTICA NATURAL E ORGÂNICA, ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ALTERNATIVA, REALIDADE VIRTUAL, INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, CRIAÇÃO DE APLICAÇÕES e etc…

3 – Seja apaixonado pelo que você faz

 

Não basta apenas investir numa área promissora. É necessário o mínimo de conhecimento sobre a área em que vai investir e verdadeira paixão pelas atividades do negócio. Só desta forma terá chances de sucesso e trabalhará com verdadeira paixão pelo que faz.

Outro ponto importante: por mais que você seja um empresário bem sucedido, nunca pare de estudar. Ampliar os conhecimentos sobre a área de atuação é uma forma de acompanhar a evolução do mercado. Por tanto estude bastante e aplique mais ainda!

4 – Faça um plano de negócios bem elaborado

Não cometa o erro de empreender sem planejamento e conhecimento, ainda mais em outro país. O correto a fazer é investir seu tempo e alguns meses elaborando um plano de negócios perfeito. Pesquise a área de atuação, os principais concorrentes e o perfil do cliente. Tenha em mente e calcule todas as possíveis despesas para saber se o projeto cabe no seu orçamento. Trace as fontes de investimento, os recursos humanos e os materiais necessários, sendo assim você terá um bom pontapé inicial!

5 – Encontre um espaço

Averigue se o seu negócio realmente necessita de um espaço comercial. Na Europa, você vai ver empreendedores trabalharem em locais conhecidos como coworking, cujo espaço é compartilhado com profissionais de diferentes áreas. Essa é uma excelente alternativa para quem não pode investir num espaço comercial sozinho, pesquise bastante para achar um local adequado.

6 – Solicite o Visto de Empreendedor

O brasileiro empreendedor, interessado em abrir sua empresa em Portugal, deve primeiramente dar entrada no visto de empreendedor. Popularmente conhecido com Visto D2, esse documento é emitido pelo Consulado de Portugal no Brasil.

O custo do visto de empreendedor é de aproximadamente €5.000. O consulado tem 60dias para aprovar seu pedido de visto.

O pedido de visto D2 deve ser realizado através da apresentação dos seguintes documentos:

– Declaração de que pretende realizar investimentos em Portugal, especificando valores e duração

– Comprovantes de que possui meios financeiros disponíveis em Portugal

– Comprovativos e documentos de que efetuou transações ou operações de investimentos

– Formulário de pedido de visto preenchido

– Passaporte válido por mais de 3 meses além da data de saída

– 1 Foto 3×4 atual

– Certificado de registro criminal

– Seguro médico

– Registro criminal em Portugal (Requerimento de consulta)

– Comprovante de condições de alojamento

– Comprovante de rendimentos (podem ser extratos bancários, declaração de imposto de renda, entre outros comprovativos).

Faça o pedido de visto de empreendedor estando no Brasil, caso contrário, o brasileiro corre o risco de permanecer ilegal em Portugal até o seu novo documento ser emitido.

7 – Tenha disciplina, organização e persistência

Não pense que será suficiente encontrar uma área rentável para trabalhar seu negócio. O empresário também precisa ter disciplina para dar conta das suas tarefas, manter uma boa organização e ser persistente, mesmo quando esbarrar em dificuldades. O trabalho duro vem antes de alcançar o sucesso.

E aí? Restou dúvidas sobre abrir um negócio em Portugal? Conheça o Nosso Guia Completo! Guia Morar Em Portugal – Lá você encontra tudo o que você precisa para Morar Em Portugal, Abrir empresa, Comprar Casa e Muito mais! – CLIQUE AQUI!