Vou pra Europa! Qual Bagagem é permitida e qual é restrita?

Vou pra Europa! Bagagem permitida e Bagagem restrita, entenda mais.

Por razões de segurança, as normas internacionais determinam os itens que são e não são permitidos no transporte aéreo. Além disso, existem itens que podem ser transportados somente na bagagem despachada no porão de carga do avião e não podem ser levados a bordo da aeronave na bagagem de mão.

As normas de segurança para o transporte dos diferentes tipos de itens também podem variar, tudo vai depender da companhia aérea e do país para o qual vai viajar. Os agentes de segurança do aeroporto têm o direito de solicitar a remoção de quaisquer itens da sua bagagem de mão ou despachada.

Montamos uma lista, de caráter ilustrativo, falando brevemente sobre os objetos que geralmente causam dúvida e curiosidade, como cosméticos permitidos ou não, medicamentos, objetos pontiagudos.

 

Atenção*: Alguns países proíbem o transporte de produtos alimentares não industrializados e frescos no seu território. Por exemplo, os EUA ou a Austrália não permitem a entrada da maioria das verduras, frutas, sementes e produtos de origem animal. Esses produtos também não podem ser levados para o território da União Europeia, caso sejam provenientes de países terceiros. Antes de viajar, verifique se o seu país de destino permite o transporte dos produtos alimentícios que você planeja levar. Essa informação pode ser encontrada no site oficial do governo do país de destino.

Em dezembro de 2016, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou 40 alterações em suas regras, chamando-as de “Novos Direitos e Deveres do Passageiro”. Uma destas alterações, bem como as outras, que comentaremos em um novo artigo, é sobre o Extravio, Danos e Violação da bagagem.

Antes das novas regras: Indenização em até 30 dias após a reclamação.

Após as novas regras (março/2017): Indenização em sete (7) dias e, em voos internacionais, vinte e um (21) dias – após a reclamação – é o prazo que a empresa aérea tem para devolver as bagagens. Caso a empresa aérea não encontre a bagagem no prazo, terá até sete (7) dias para pagar a indenização devida. No caso de dano ou violação, o passageiro tem até sete (7) dias para fazer o protesto, e a companhia aérea deve fazer o reparo do dano ou substituir a bagagem violada em até sete (7) dias do protesto. Da mesma forma, deve indenizar a violação nos mesmos sete (7) dias.

O passageiro deve evitar transportar bens de valor, como joias ou aparelhos eletrônicos, mas havendo necessidade, você pode declarar o valor dos bens a serem transportados e isso acontece ainda no check-in. Para isso, peça o formulário à empresa aérea, que vai ser responsável pelos bens devidamente declarados mediante taxa a ser cobrada no ato de confirmação dos mesmos.

Consulte os valores com a companhia aérea, pois geralmente a Nota Fiscal é exigida como comprovação do valor do bem que será despachado.




Saiba como Morar em Portugal Passo à Passo

Conheça o GUIA Morar em Portugal

Morar em Portugal é um guia completo para quem deseja trabalhar, residir ou passear na terra de Cabral.

  1. Você vai ganhar tempo em ter que buscar todas as informações que estariam mastigadas na sua mão
  2. Você vai economizar dinheiro podendo fazer todas as questões burocráticas sem precisar de assessorias
  3. Vai ter acesso as experiências de outros brasileiros em Portugal
  4. Chegará em Portugal preparado sabendo tudo o que precisa.
  5. Terá acesso a um conteúdo atualizado constantemente ao invés de ficar procurando em páginas desatualizadas na internet
  6. Conteúdo digital com acesso em celular, tablet e computador para ler quando quiser a hora que quiser

Ao acessar o guia, você terá acesso as informações abaixo:

    1. Planejamento de moradia
    2. Emissão de passaporte comum
    3. Emissão de passaporte de emergência
    4. Quanto levar em dinheiro?
    5. Como escolher passagens aéreas?
    6. Como escolher hotel barato?
    7. Que documentos autenticar no Brasil?
    8. Documentos necessários para apresentar na Imigração
    9. Média de custos para os primeiros meses de moradia
    10. Despesas básicas
    11. Que documentos preciso ter para morar em Portugal?
    12. Onde morar?
    13. Como consigo vagas de emprego em Portugal para brasileiros?
    14. Matriculas escolares para filhos
    15. Como faço para me legalizar?
    16. Como tirar habilitação em Portugal?
    17. Comprando carro barato em Portugal
    18. Como estudar em uma universidade portuguesa?
    19. E muito mais!






 

Cadastre-se em nossa Lista

Patrícia Alves

Fundadora e proprietária do site Morar em Portugal. Mãe, esposa, web marketeer e imigrante em Portugal. Mora em Cascais com o marido e as filhas.Clique no ícone do Facebook para acessar meu perfil

Website: https://moraremportugal.com