Como Conseguir emprego em Portugal ainda no Brasil?

Como Conseguir emprego em Portugal ainda no Brasil?

Já aviso, esta não é uma tarefa fácil, nem simples. As pessoas que conseguiram visto de trabalho, correram muito atrás deste objetivo.
Ter qualificações específicas é importante.

Está procurando emprego? Já pensou em viver no exterior com segurança, aprender um idioma, fazer turismo e, o que é melhor, estar trabalhando? Diversas agências internacionais da Europa, Estados Unidos, Canadá, Portugal, Alasca e Cingapura estão procurando mão de obra semi-qualificada no Brasil e países latinos.

 

Muitas vagas não exigem o ensino superior, mas a maioria delas vai exigir Inglês ou Francês fluente.

Eu aprendi inglês com um curso online, baratinho… CLIQUE AQUI e conheça.

Trabalhar em Portugal – Morar em Portugal

Primeiro passo: Monte seu currículo

1 – Dados pessoais – Atenção

Estas são as primeiras informações que aparecem no currículo, tenha atenção ao preenchê-los e evite erros de digitação ou dados incompletos.

Nesse item você deve incluir seu nome, telefone, e-mail, endereço, data de nascimento. Tenha atenção ao endereço de e-mail, ele deve ser o mais profissional possível, nunca coloque nomes no diminutivo ou apelidos.

2 – Faça um resumo de suas qualificações

Faça um resumo das suas qualificações. Fale em poucas linhas sobre suas competências e demonstre ao recrutador que você temas habilidades exigidas para a vaga.

3 – Formação escolar em ordem decrescente

Ao montar o currículo inclua sua formação escolar indicando primeiro os cursos mais recentes. Por exemplo: estudantes universitários devem incluir primeiro essa formação, depois o ensino médio. Na descrição coloque o nome da instituição, o curso e o ano de conclusão.

4– Fale sobre as experiências profissionais mais relevantes

As experiências profissionais também devem ser elencadas a partir da mais recente. Se você tiver passado por muitas empresas é importante selecionar aqueles que foram mais relevantes para sua carreira.

Estudantes que estão em busca do primeiro emprego ou de uma vaga de estágio podem incluir nessa etapa experiências acadêmicas ou trabalhos voluntários.

5 – Inclua atividades extracurriculares

As atividades extracurriculares são importantes e podem contar pontos ao montar um currículo, porém elas devem ser relevantes para a vaga pretendida. Pesquisa, participação em eventos da área, e visitas técnicas, são algumas das opções que você pode inserir nesse campo. Ao preencher essa informação coloque a atividade realizada, duração e ano.

6 – Indique seu conhecimento em outros idiomas e em informática

Inclua um item para falar sobre seu conhecimento em outras línguas. Caso tenha feito um curso você pode colocar a instituição de ensino, duração e ano, ou pode citar apenas o nível de fluência: básico, intermediário, avançado ou fluente.




A habilidade em informática deve ser descrita em um item separado, indique o nível de conhecimento em cada ferramenta como AutoCad, Pacote Office, etc.

7– Fique de olho na formatação ao montar o currículo

Um currículo colorido não irá chamar atenção do recrutador, lembre-se que o mais importante é o conteúdo, sendo assim evite cores e fontes extravagantes. O ideal é optar por fontes tradicionais como o Arial ou Times New Roman. Também é preciso ter cuidado com o tamanho, a fonte não pode ser muito pequena, pois dificulta a leitura e nem muito grande, o recomendado é que fique entre o tamanho 10 e 12.

Procure deixar o documento claro e com fácil leitura, para isso utilize negrito ou fontes maiúscula para diferenciar títulos e informações.

8 – Evite um currículo longo

O documento deve ter no máximo duas páginas, mas não adianta diminuir a fonte para que currículo atinja essa quantidade. Para alcançar o tamanho ideal selecione as informações mais importantes e seja sucinto ao descrever experiências e qualificações.

Ao montar um currículo, tenha em mente que ele será seu primeiro contato com a empresa, por isso é essencial passar uma boa impressão. Sendo assim, analise criteriosamente o documento para verificar erros de português confirmar as informações.

Passo dois: Tenha um perfil no Linkedin

Para quem não conhece, o linkedin é uma rede social profissional, lá você poderá encontrar empresas e vagas de emprego no exterior. Com um perfil no Linkedin, você cadastra seu currículo e pode formar uma REDE PROFISSIONAL, tornando assim melhor a sua busca em uma vaga de emprego no exterior.
Exemplos de vagas abertas no Linkedin

Passo três: Faça contatos

Existem diversos grupos nas redes sociais sobre diversos países, é sempre relevante entrar nestes grupos, conhecer pessoas, verificar as pessoas que já estão no país de destino e que são de sua área de trabalho.
Tirar dúvidas, pegar dicas, trocar experiências, muitas vezes podem aparecer uma oportunidade ou uma dica valiosa.