Transportes públicos em Portugal: Entenda como eles funcionam

0
1858
Compartilhe!

Uma das grandes vantagens de Portugal são os seus transportes públicos, que são de grande valia não só para os turistas mas também para quem deseja imigrar para esse país. Para realizar o planejamento de qualquer viagem, é necessário ter em conta sempre a parte da mobilidade que você terá: os custos que poderá ter, se vai ser prático e como é a segurança do país na qual você irá visitar.

Quando falamos em imigrar para outro país, sendo a viagem com estadia definitiva (para morada) ou com estadia temporária (para férias), é realmente necessário ter o todo o panejamento em atenção para que esteja tudo certo para que ocorra um ótimo desempenho de viagem e estadia no novo país.

Como funcionam os transportes públicos em Portugal

Todos concordamos que Portugal é um país pequeno comparando aos outros países da Europa e é justamente por isso que temos a possibilidade de conhecer o país de Norte à Sul em um dia, o que fica por volta de 710km percorridos para conhecer Portugal e suas diversas paisagens, ainda tendo uma vantagem de que muitas das cidades de Portugal dispõem de serviços de ônibus (ou autocarro como chamam na terra portuguesa) e táxi. Nas cidades mais povoadas e movimentadas, o bilhete para usufruir do metrô funciona de uma maneira um tanto diferente porém, quando você finalmente se adapta ao estilo de funcionamento dos transportes públicos, a sua locomoção fica muito mais rápida.

Os meios de transporte público em Portugal são recentes e quase todas as suas auto-estradas, ruas e outros meios também são. Tudo indica que Portugal possui 4 meios de transporte público: os trens (comboios), metrôs, ônibus (ou autocarros, como chamam em Portugal) e também o bonde elétrico.

Viagem de autocarro

Quando falamos sobre os transportes públicos em Portugal, os autocarros são o meio de transporte menos escolhido tanto pelos turistas quanto pelos moradores locais, o grande argumento que existe perante isso é que esse é um serviço público que depende muito do trânsito que há nas cidades e assim, os autocarros acabam por ser o maior alvo de queixa dos cidadãos europeus.

Os autocarros possuem diferentes linhas de locomoção e com diferentes horários, o mais comum é que cada tinha tenha um intervalo fixo e conforme for o dia, ainda de pode ter proveito da pontualidade e é necessário ressaltar que se você vai, querer contar com um itinerário já estabelecido, é o mesmo que contar com a sorte. Com tudo, ainda podemos encontrar ótimas ferramentas para ajudar a saber os horários de um ou mais autocarros, estes são aplicativos e até mesmo ferramentas que as próprias companhias dispõem para os cidadãos nos seus respectivos sites.

No Norte, mais especificadamente no Porto, os cidadãos têm acesso ao site da STCP (Sociedade de Transportes Coletivos do Porto) onde é possível realizar a sua busca por uma linha de sua preferência, escolher os seus horários, a sua preferência se é ida ou volta e ainda se pode selecionar a opção “próximas passagens” que mostra os horários em que o autocarro irá passar a partir de um certo horário.

Existem ainda outros aplicativos e ferramentas de viagem que podem ajudar o cidadão a ver os horários do seu autocarro e dos próximos, são eles: o Moovit e o TPP. Aplicativos como esses ajudam o cidadão a planejar a sua viagem integrando todas as redes de transporte público que existem em Portugal.

Viagem de comboio

O que é o Comboio? Esse transporte público é conhecido como o trem no Brasil. Atualmente existem 2.546km de estradas de comboios nacionais que estão em uso e andar de comboio é útil e pratico não só quando se fala de viagens longas mas também para descolamentos diários e um fator muito comum é que existem muitos cidadãos que utilizam esse meio de transporte para irem ao trabalho ou local de estudo que, normalmente, está em uma cidade próxima de onde a pessoa mora.

Existem 4 linhas de comboio, são elas:

Alfa Pendular: Essa é a linha que faz as viagens mais rápidas e o motivo é que realiza menos paragens entre as estações, viajando também a 220km/h. O preço do ticket de viagem dessa linha tem um valor mais salgado comparando as outras e só vai realmente valer o investimento caso a viagem, até o seu destino desejado, seja longa. Além disso, nessa minha você ainda tem a possibilidade de escolher se quer viajar na classe turística ou em primeira classe, existindo ainda banheiros, bares, Wi-Fi e um espaço para colocar bagagens.

Inter-cidades: Esta linha funciona regularmente e a sua principal função é ligar as principais cidades de Portugal. Na linha inter-cidades são realizadas as viagens que de certa forma sao prolongadas mas acabam por se tornarem confortáveis para o viajante. Essa linha dispõe também de uma primeira e segunda classe, sendo o ticket de viagem é mais em conta do que o ticket da linha Alfa-Pendular.

Regional e InterRegional: Nas linhas regionais e inter-regionais, a função do comboio é ligar o país por completo como, por exemplo, sendo de Norte à Sul e de Leste à Oeste. Estes comboios costumam ser dos mais práticos e devido a sua função, acabam por conectar as principais cidades, juntamente com as linhas dos comboios urbanos que já existem e estão em funcionamento.

Urbanos: Os comboios urbanos fazem parte da linha mais em conta possível de transporte público, eles possuem uma grande variedade de paragens e destinos, são utilizados mais regularmente por trabalhadores e estudantes, sendo o melhor meio de transporte para fazer viagens rápidas de passeio no fim de semana ou até mesmo o famoso “bate e volta”, em caso de turistar, por exemplo.

Valor das viagens

O custo de uma viagem pode variar conforme a linha de comboio e a classe que será escolhida pelo viajante. Os comboios urbanos e também os regionais não apresentam alguma diferença quando a questão é a sua classe ou até mesmo o seu lugar, são esses comboios que dispõem do preço mais em conta e eles dependem,  unicamente, da sua distância e trajeto que deve ser realizado. Os custos variam também de acordo com a data de compra, ou seja, quanto mais cedo for marcada e comprada a sua viagem, mais em conta ela fica.

As redes de transporte públicos em Portugal dispõem de bons discontos conforme a pessoa seja um estudante, um idoso e jovens até que tenham 23 ou 25 anos, com tudo, ainda se pode conseguir promoções que eles realizam ocasionalmente.

Para além de todos esses serviços, ainda temos o famoso “Passe Mensal”, que se torna muito mais em conta se você costuma utilizar os comboios e esse cartão do pass epode ser renovado todo o mês para que você possa utilizar sempre que for necessário. Esse passe mensal vale realmente o valor que é dado quando a pessoa pedinte estuda ou trabalha em uma cidade e vive em outra mais distante. O melhor de todos os lugares para carregar o seu cartão e montar um horário é em um site da própria CP mas, você ainda pode carregar o seu passe num estação de comboios mais próxima de sua casa ou até mesmo em uma papelaria que realize tal serviço.

Viagem de Metrô

Quando o assunto são os transportes públicos que Portugal tem, é obrigatório falar do metrô (ou “métro”/ metro, como chamam os portugueses). A utilização desse transporte público é uma das formas mais fáceis e mais em conta de se locomover pelas principais cidades de Portugal, o metro funciona excepcionalmente bem e como foi referido antes, é um dos meios de transporte mais em conta tanto para o turista quanto para o cidadão que já mora em Portugal. Com tudo, as únicas cidades, e as mais conhecidas por todos, que dispõem do serviço de metro são a capital Lisboa, localizada na região centro, e a cidade do Porto, localizada no norte do país.

Na cidade de Lisboa, o metro custa apenas 1,50€ e esse valor equivale a uma viagem de duração no máximo de 60min após a primeira validação do ticket, depende ainda se na sua viagem você precise por exemplo, sair do metro e logo após volte, você terá já passado o seu ticket anteriormente e quando saiu provavelmente por uma cancela, então terá que realizar o carregamento do ticket novamente. Além do ticket/cartão normal e mais simples, existem ainda os conhecidos bilhetes ou passes,que podem ser para somente o dia ou podem ser integrados à possíveis outros serviços de transporte público na cidade e é possível procurar as linhas e os valores do cartão, no respectivo site do metropolitano de Lisboa

 

 

No Norte de Portugal, mais especificamente na região do Porto, as passagens e os cartões tem um funcionamento diferente do que na região centro e todos os custos relacionados com o metro são calculados conforme for a distância que você desejará percorrer. Ainda assim, o preço de cada passagem custa em torno de 1,20€, indo aumentando constantemente de acordo com o aumento da distância que terá de ser percorrida.

É necessário lembrar que cada passagem comprada vem em um cartão, que é como um ticket reutilizável que quando comprado pela primeira vez ele irá ter um custo de menos de 1€ e sempre que você quiser ou precisar usar novamente, terá que ir a uma estação de comboios mais próxima de si, inserir o cartão na máquina e a partir daqui você precisará seguir as instruções que aparecerão na tela para realizar o seu pagamento.

Quando se trata da qualidade do serviço, a mesma nunca deixa a desejar. O serviço é ótimo em todas as estações e toda a estação é bem limpa e bem cuidada, por vezes até mesmo pelos próprios cidadãos e em horário de saída dos serviços, por volta das 18h, os transportes estão sempre cheios. Ao contrario da hora de ponta, que é quando eles estão menos lotados..

Viagem de carro

Para as pessoas que preferem viajar de carro, existem sempre duas opções de trajeto que se pode fazer: indo pelas estradas nacionais gratuitas ou pelas famosas auto-estradas (rodovias) que possuem pedágio. Com tudo, são 3.065km de autoestradas pelo país inteiro e vale a pena viajar por uma rodovia dessa por conta do asfalto que é excelente e não deixa nada a desejar mas, defendendo-nos classe do carro que você estiver utilizando, o valor que deve ser pago nas portagens (pedágios) pode ser um pouco salgado.

Cidades que possuem aeroporto

As cidades mais conhecidas de Portugal continental, que possuem aeroporto são: Lisboa (localizada na região centro), Porto e Faro (localizadas na região norte). E além dessas cidades também temos os aeroportos nos arquipélagos: Ilha da Madeira e Ilha dos Açores.

Qual o valor do transporte público em Portugal

Porto

Um ticket de viagem de autocarro no Porto, está em torno de 2€ e isso se for comprado presencialmente no autocarro. Os autocarros também participam quando o assunto os passes mensais, para recarregamento normal do passe o valor fica em 30€. Se você quiser carregar o seu passe para utilizar o autocarro e o comboio livremente, o valor vai ficar por volta dos 34,55€ e ainda temos os descontos para os estudantes que são menores de 13 anos, para a terceira idade, para os aposentados e também para os pensionistas.

Quando o assunto é o Metrô, como já foi referido antes, os bilhetes para uma viagem só de ida podem custar a partir de 1,20€ por viagem (sendo no máximo de 1h) para três zonas. O valor pod eir aumentando conforme a distância aumenta e a tarifa mais alta é a de 5,12€ para doze zonas.

O passe mensal tem um valor de 30€ (para a zona 3) e também de 40€, sendo que o cartão tem um custo mensal de 6€. Os estudantes que estão em Portugal e tem até 25 anos, crianças de até 12 anos e idosos a partir dos 65 anos, possuem descontos no valor mensal do passe.

Agora, uma viagem de comboio do indo do Porto à Lisboa, o valor fica em torno de 25€ (ainda tendo a possobilidade de ter descontou promoções conforme for o horário da compra). Os jovens de até 25 anos possuem 25% de desconto (Bilhete jovem) e para as pessoas que querem viajar em grupos de 3 ou 4 pessoas, também podem ter descontos nos Comboios de Portugal.

No trajeto dos comboios, podem ter estações que não possuem catracas (ou cancelas como chamam em Portugal) mas é preciso sempre carregar e validar o seu bilhete antes de alguma viagem porque durante a mesma, irá vir um fiscal para conferir o seu bilhete.

Validar sempre o seu bilhete

No Porto, o metro não possui cancelas e ainda assim é preciso sempre carregar e validar o seu cartão antes de entrar em qualquer vagão. Normalmente, no meio da viagem aparecem os fiscais para conferir o cartão de cada um e quem entrou no comboio e quiz fazer a viagem sem pagar ou simplesmente não validou, irá receber uma multa.

 Lisboa

Em Lisboa, o transporte público funciona excepcionalmente bem e com isso, possui muito mais usuarios do que em qualquer outra zona de Portugal. Lisboa, além de ser a capital e de abrigar a maior parte dos moradores de Portugal, recebe ainda muitos turistas todos os anos e por conta disso, conforme for a hora em que você irá pegar um autocarro ou comboio, o mesmo poderá vir lotado.

Na capital, o preço de uma passagem de autocarro custa em torno de 2€, já a passagem do bonde elétrico custa em torno de 3€ e quando falamos no elevador da Santa Justa, o valor do ticket fica em torno de 5,30€ e você ainda pode ter acesso ao miradouro e desfrutar da brilhante vista que ele proporciona. Já no metro, o valor de um ticket para uma única viagem fica por 1,50€ mas, se você utiliza o passe mensal, o valor poderá subir até os 30€ e 40€

As chamadas Tarifas Especiais são somente aplicadas em crianças e jovens até os 25 anos, pensionistas e para a terceira idade. Em cada viagem que você fizer de transporte público, seja ele qual for, é realmente necessário carregar e validar o cartão que irá utilizar na entrada do veículo. Se você não validar, poderá receber muitas em um valor um tanto salgado.

De acordo com a mudança na lei de transportes, conforme a aprovação do Programa de Apoio à Redução Tarifária, em Abril de 2019 o preço das viagens e tickets no Porto, em Lisboa e outras regiões,

ficaram mais em conta. E essa redução de preço dos passes mensais, atinge empresas de autocarros, comboios, metros e até mesmo os barcos. Os passageiros que viajarem dentro do município pagam 30€ e para quem utiliza os transportes intermunicipais, pagará em torno de 40€ mensalmente podendo ainda ter benefícios para a família.