Pesquisadora brasileira ganha prêmio científico em Portugal

0
1246

Os participantes eram de países como Argentina, Colômbia, Equador, México, entre outros.

Uma pesquisadora brasileira e outros dois portugueses foram os ganhadores da 9ª edição do Prêmio Científico da Casa da América Latina de Lisboa, em Portugal.

Manaíra Aires Athayde ganhou na categoria Ciências Sociais, com uma tese sobre o poeta luso Ruy Belo e o modernismo brasileiro, projetada na Universidade de Coimbra.

Os jurados também concedeu uma menção honrosa a outro brasileiro, o estudante Virgílio Coelho. Ele foi atribuído pelo trabalho O fio de Ariadne: Desilusão e sensibilidade política em Os Maias, projetado na Universidade Federal Minas Gerais (UFMG).

 

Uma tese sobre a resiliência de preços e salários em Portugal assegurou a Fernando Martins, estudante português do Instituto Superior de Economia e Gestão, o prêmio na categoria Ciências Econômicas e Empresariais.

O outro português, Gil Correia, ganhou na seção de Tecnologia e Ciências Naturais. Ele foi o autor de uma pesquisa, sobre as reservas de petróleo, elaborada na Unicamp.

Para esta 9ª edição foram registradas 119 candidaturas de Portugal, Brasil, Argentina, Colômbia, Cuba, Equador, Honduras, México e Peru. Os ganhadores dos prêmios, que contam com o patrocínio do Banco Santander, ganham uma quantia de 5 mil euros (R$ 21 mil).

Esta planejando ir para Portugal? Economize TEMPO e DINHEIRO!
Conheça o Guia Morar Em PortugalPasso a Passo Completo Para VOCÊ!