Oportunidade: Conheça as 5 formas de estar legal em Portugal sem precisar de cidadania

0
10597
The Portuguese passport and euro banknotes on a geographical map .
Compartilhe!

Ao contrário do que possa pensar, não é necessário obter a nacionalidade portuguesa para estar vivendo legalmente em Portugal. Relembramos que com o nosso passo a passo atualizado para morar em Portugal todo o processo vai se tornar mais simples.

Entenda agora as 5 formas de poder estar a viver legalmente em Portugal:

Para estudar

Se você for ao país cursar uma graduação, pós-graduação ou mesmo fazer um intercâmbio cultural, basta ir primeiramente ao consulado ou embaixada e apresentar um comprovante da instituição de ensino.

Essa modalidade tem duração de 4 meses, mas ao chegar na cidade escolhida para estudar, você precisa procurar um SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) para solicitar uma autorização de permanência renovada para um ano.

Devido a baixa natalidade no país, o governo de Portugal incentiva muitos jovens brasileiros a escolherem o país para viver, inclusive muitas Universidades aceitam as notas do ENEM para o ingresso.

Aposentadoria

Para os aposentados há um visto especial. Para isso o único requisito é receber um salário mínimo nacional, que hoje, é 677 euros por mês e apresentar um comprovante de residência, assim como um seguro de saúde internacional.

 

Visto para trabalhar

Se você encontrou um trabalho em Portugal, nesse caso a empresa a qual tem sede no país, precisa emitir um certificado declarando a proposta de emprego. Em seguida solicite o visto com validade também de quatro meses que será trocado no destino por uma autorização que permitirá sua atuação profissional.

Visto Gold

Esse visto privilegiado é para aqueles que farão algum investimento no país, como a compra de um imóvel por um valor de no mínimo 350 mil euros ou transferir cerca de 250 mil euros em investimento ou para apoio em artes e manutenção do patrimônio nacional.

Empreendedorismo e criação de postos de trabalho

 

Se sua ideia é ir a Portugal para empreender, mas sua renda não é suficiente para adquirir um visto Gold, você pode optar pelo visto de empreendedor.

Para essa modalidade não há um capital de investimento mínimo, somente é preciso abrir uma empresa no país.

Se quiser viver nesse país maravilhoso, tenha suas dúvidas eliminadas e faça parte da nossa enorme equipe que com nosso curso atualizado entrou e se legalizou em Portugal, sabendo de tudo para tornar o processo rápido e simples.