Italianos cantam “Quão Grande É o Meu Deus” de suas janelas durante quarentena

0
904
Compartilhe!

Vídeo mostra italianos nas janelas de um prédio cantando a música com seus vizinhos. A Itália se tornou o epicentro do coronavírus na Europa.

Italianos estão cantando em suas janelas e sacadas enquanto estão em quarentena no país que se tornou o epicentro do coronavírus na Europa. Centenas de vídeos com as mais variadas músicas se espalharam pela internet neste fim de semana.

Um deles foi compartilhado pelo missionário Célio Machado neste domingo (15). As imagens mostram italianos cantando a música “Quão Grande É o Meu Deus” em seu próprio idioma.

Com instrumentos nas mãos, uma família cantou o refrão: “Quão grande é o meu Deus. Cantarei quão grande é o meu Deus. E todos hão de ver quão grande é o meu Deus”.

Vizinhos curiosos saíram para fora de suas janelas para acompanhar a música. Entre eles estavam crianças, adultos e idosos.

“Quão grande és meu Deus. Você vencerá Itália”, comentou o missionário na legenda. “Deus está com você, oramos por vocês e nos unimos acreditando pelas suas vidas!”

O aumento do número de casos de coronavírus na Itália teve seu recorde neste domingo. Foram mais 368 mortes em um dia, sendo o segundo país mais afetado do mundo depois da China.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Marketing Digital | Portugal (@oficialpatriciaalves) em


No total, a Itália registrou 24.747 casos e 1.809 mortes até domingo. A Lombardia foi a região mais afetada, com 1.218 mortes. Dessas, 252 foram registrados nas últimas 24 horas.

Na última terça-feira, o missionário Luiz Carlos dos Santos, que vive com sua família em Roma, falou sobre a situação da Itália em vídeo publicado no YouTube. Ele explicou que agora sua congregação não pode mais se reunir para a realização de cultos presencialmente e está se organizando para realizar os próximos cultos online.

“A perspectiva de um futuro próximo também não será tão simples. Então, ore para que Deus dê graça nisso tudo”, disse.

Mesmo assim, Luiz Carlos expressou seu desejo de continuar firme no propósito pelo qual se mudou para Roma: levar a mensagem do Evangelho.

“Ao passar por tudo isso, nosso desejo e nossa oração é para que, ao passar por tudo isso, sejamos sábios para acolhermos a ocasião e testemunharmos, levar a verdadeira esperança, verdadeira paz que encontramos somente em Cristo, através do Evangelho e da graça de Deus, revelada em Cristo. Queremos ser instrumentos nas mãos do Redentor nesse sentido também”, pediu.