Infetados com Covid-19 são capazes de produzir anticorpos contra a doença para o resto da vida!

669

Fonte: cmjornal.pt

 

Estudo mostrou que após quatro meses da infeção há uma diminuição dos anticorpos, no entanto, essa redução é lenta e os anticorpos permanecem na corrente sanguínea.

 

Um estudo publicado na Nature revela que as pessoas que sofreram da infeção da Covid-19 são capazes de produzir anticorpos contra a doença para o resto da vida.

O estudo envolveu 77 pacientes com doença leve ou moderada e mostrou que após quatro meses da infeção há uma diminuição dos anticorpos, no entanto, essa redução é lenta e os anticorpos permanecem na corrente sanguínea.

O “trabalho foi o primeiro a analisar a presença de células plasmáticas na medula óssea. Este tipo de células são geradas quando um patógeno entra no corpo. No caso da Covid-19, é, por exemplo, a proteína S que o vírus usa para infetar células humanas. Após a infeção, essas células imunes viajam para a medula óssea e permanecem lá em estado latente. Se o vírus reaparecer, as células retornam à corrente sanguínea e começam a produzir anticorpos contra o vírus novamente”, explica o El País.

“As células plasmáticas de longa vida podem durar a vida inteira. As células continuarão a produzir anticorpos para sempre”, refere Ali Ellebedy , imunologista da Escola de Medicina da Universidade de Washington e um dos autores do estudo.

Isto não significa que a pessoa não sofra uma reinfecção do vírus mas é mais improvável que aconteça.

.

Quer aprender a trabalhar pela internet a partir do conforto da sua casa e sem correr riscos? Clique aqui.