Imigrante brasileiro trabalhador é assaltado, atacado e assassinado na Europa

0
21615
Compartilhe!

Apesar de ser um dos locais mais seguros do mundo, por vezes os países da União Europeia tem crime horrendos que acabam juntando toda a comunidade na procura pela justiça. Relembramos que com o nosso passo a passo atualizado para morar em Portugal todo o processo vai se tornar simples.

Imigrante brasileiro trabalhador é atacado por gangue

Um assalto em Battersea, na região metropolitana de Londres, na Inglaterra, terminou com a morte de um brasileiro na terça-feira. O crime aconteceu no último sábado. O capoeirista Iderval Silva, de 46 anos – que trabalhava como motociclista para uma rede de delivery, – foi atacado por uma gangue e ficou internado por três dias com ferimentos na cabeça. Ninguém foi preso. Nesta quarta-feira, mais de 200 motoqueiros foram às ruas da capital inglesa para pedir a investigação do caso e punição aos responsáveis, além de mais segurança aos profissionais do setor.

Os detalhes da morte de Silva foram confirmados pela Polícia Metropolitana de Londres. De acordo com a corporação, houve um chamado na tarde de sábado para um atendimento na avenida Charlotte Despard, em um estacionamento próximo às lojas de uma estação de trem chamada Battersea Park Road. Quando os policiais chegaram, Silva foi encontrado sozinho, ferido e levado a um hospital. A ex-mulher dele, a esteticista Luciana Pereira Vicente, de 44 anos, disse ao GLOBO que ele ficou em coma até sofrer morte cerebral.

— É uma fatalidade. O Iderval era muito tranquilo, calmo e responsável. Ele ensinava capoeira a crianças e trabalhava com projetos sociais. Sempre tentou passar adiante o lado bom, o respeito ao próximo e a necessidade de se colocar no lugar dos outros — afirmou Luciana, que vive em Lisboa, capital de Portugal.

Polícia está investigando os detalhes do crime horrível

Para apurar mais detalhes sobre o crime, a polícia disponibilizou números de telefones através dos quais os cidadãos de Londres podem entrar em contato. Além de informações sobre possíveis suspeitos, os agentes também esperam conseguir imagens de câmeras de segurança que tenham registrado a ação.

Um dos responsáveis pela investigação, o detetive Mark Cranwell, garantiu que os assaltantes não sairão impunes. Eles fugiram antes da chegada da polícia e não conseguiram levar a moto de Silva. Um adolescente de 16 anos foi apreendido próximo ao local do crime e foi levado a uma delegacia para prestar esclarecimentos.

— Quero tranquilizar a comunidade.  Há uma investigação policial urgente e extremamente minuciosa em andamento, e estou determinado a encontrar os responsáveis — pontuou o inspetor policial.

Se quiser viver nesse país maravilhoso, tenha suas dúvidas eliminadas e faça parte da nossa enorme equipe que com nosso curso atualizado entrou e se legalizou em Portugal, sabendo de tudo para tornar o processo rápido e simples.