Há trabalho ilegal porque o SEF não regulariza os imigrantes

Catarina Martins coordenadora do bloco de esquerda acusa o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de aumentar as burocracias na hora de legalizar os imigrantes.

O bloco de esquerda acredita que o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras trava a legalização dos imigrantes, motivo este que muitos trabalham ilegalmente. No áudio, Catarina Martins ressalta que,

“A situação é grave.. O país se torna muito melhor e muito mais seguro quando é seguro para TODOS, ou seja, quando todos os trabalhadores tem a sua situação regularizada, quando se combate o abuso e a ilegalidade.

E o fato do SEF ter encontrado mecanismos burocráticos de travar os processos até “pra lá” do que a lei prevê. O SEF foi “pra lá” a margem da lei a criar obstáculos e dificuldades de regularização e portanto uma situação terrível em que temos muitos trabalhadores em Portugal que não tem papéis. É preciso um processo de regularização extraordinária…..não é normal ter tanta gente a trabalhar com a situação irregular, isso não faz bem a nenhum estado direito”





“É urgente que o SEF funcione e permita às pessoas imigrantes o direito a ver a sua situação legalizada”, defendeu Catarina Martins. “Veremos nos próximos dias, se o SEF está ou não a comportar-se à altura da sua situação, que é de cumprir a lei”, frisou ainda.

Catarina Martins insistiu:

“Não queremos trabalhadores ilegais, queremos que todos tenham os seus papéis; todos estão a pagar, a contribuir, não podem ser tratados desta forma”.

Atualmente em Portugal, mais de 30 mil pessoas em situação irregular e 90 por cento desta população concentra-se na área metropolitana de Lisboa. Há até casos de trabalhadores que esperam pela regularização da sua situação há mais de 20 anos, estando assim sujeitos aos contratos de trabalho ilegais e a todo o tipo de abusos. Fonte: Bloco de Esquerda




Cadastre-se em nossa Lista

Patrícia Alves

Fundadora e proprietária do site Morar em Portugal.
Mãe, esposa, web marketeer e imigrante em Portugal.
Mora em Cascais com o marido e as filhas.

Clique no ícone do Facebook para acessar meu perfil

Website: https://moraremportugal.com