Brasileiros migram aplicações de Miami para Lisboa

0
2340

Em 2017, a capital portuguesa ganhou em torno de de R$ 13,5 bilhões em aportes provenientes do Brasil.

Lisboa é a atual Miami: até 2015, os brasileiros compraram vários imóveis na cidade americana, não só como forma de investimento como para curtir um poucos as férias, mas agora este investimento está sendo direcionado para a Terrinha Portuguesa.

De acordo com a pesquisa da Receita Federal, em 2015, o valor mencionados por brasileiros na aquisição, de apartamentos e casas em Miami foi de US$ 730 milhões (aproximadamente cerca de R$ 2,6 bilhões).

Já em 2017, os brasileiros enviaram para Portugal 3,162 bilhões de euros (aproximadamente cerca de R$ 13,5 bilhões) em aplicações de acordo com o Banco de Portugal (Banco Central), um crescimento de 22,7% em relação a 2015.

Conheça o Guia Morar Em Portugal – Passo a Passo Completo Para você – Clique Aqui

De acordo com a consultoria Global Trust, que possui sede no Rio de Janeiro e é especialista em aplicações imobiliárias internacionais, esta movimentação faz muito sentido não só do ponto de vista de aplicação como para aqueles que anseiam viver em Lisboa.

“A capital portuguesa proporciona hoje muito mais atributos fiscais, tributários e até turísticos do que Miami”, afirma César Damião, sócio fundador da Global Trust, que trabalha em diversos países e tem escritório em Portugal.

Os funcionários da consultoria relacionou 7 benefícios de Lisboa comparada à Miami.

1 – Valor do condomínio:

Como em Lisboa os prédios são pequenos, sem funcionários nem infraestrutura custosa, o valor do condomínio costuma ficar entre 20 e 100 euros por mês, em média.

Já em Miami, onde os condomínios são muito grandes e oferecem diversos serviços, como valet parking, além de extensas áreas de lazer, um apartamento de 2 quartos pode pagar de US$ 500 a US$ 1.100 de taxa de condomínio.

2 – Custo de IPTU:

Na capital Portuguesa (Lisboa), o imposto sobre a propriedade custa por ano 0,3% do valor venal do imóvel que geralmente é menos da metade do valor de mercado. Já em Miami, esta taxa, também cobrada uma vez por ano é de 2% do valor de mercado do imóvel.

3 – Aluguel para curtas temporadas:

Portugal estimula o Arrendamento por curta temporada e as taxas de encargo em Lisboa giram em média de 80% ao ano, com picos ainda mais elevados no verão – são aproximadamente cerca de 7 milhões de turistas por ano, muito mais do que o Brasil todo recebeu em 2016, ano das Olimpíadas.

O imposto sobre short rental é cerca de um terço do Arrendamento de extensa temporada. Já na cidade americana, as associações de condomínio regulamentam diversos tópicos do uso dos apartamentos. Na grande parte dos prédios, o proprietário do local só pode realizar por volta de 1 a 4 contratos de Arrendamento por ano, o que dificultam o short rental.

4 – Arrendamento de longo período:

Em Lisboa, os contratos de Arrendamento têm enorme probabilidade de serem renovados por longos anos. Vendo por outro ponto de vista, Raramente um inquilino nos Estados Unidos renova um contrato de Arrendamento pois a cultura nos Estados Unidos é de mudança constante.

Além disso, as associações de condomínio também possui o direito de aprovar ou não o inquilino e ainda cobram uma certa quantia em dinheiro para depósitos como garantia.

5 –  Transporte Publico ou Particular:

O serviço público de transporte em Portugal e Lisboa funciona muito bem, Eles possuem uma excelente infraestrutura de metrô e trens, oque ja é um ponto positivo e muito forte para quem vai Morar Em Portugal.

Já em Miami, não dá para dispensar carro, pois as linhas de ônibus e de trem da cidade não são conceituadas capazes para aqueles que depende de transporte público.

O trânsito totalmente congestionado também pode consumir algumas horas ao longo da semana e acabar lhe atrapalhando em suas atividades.

6 – Mão de obra em Portugal

Em Lisboa, o grau de instrução mediano é muito satisfatório e é possível tranquilamente admitir funcionários para efetuar serviços domésticos por cerca de 7 euros a hora, ou 600 euros por mês. Já em Miami, é muito difícil se deparar com pessoas dispostas a trabalhar na sua casa a semana inteira e isso pode custar US$ 4 mil mensais.

7 – Idioma e Cultura:

Mesmo com algumas pronuncias gramaticais diferentes e vocabulário local, é bem fácil se comunicar com os portugueses. Além disso, outros aspectos e ponto de vista culturais, como educação dos filhos e alimentação por exemplo, também são muito parecidos aos do Brasil.

Porém, em Miami, além da cultura norte americana ser bem distinta da brasileira, é importante falar inglês para lidar com todas as situações que aparecem quando se mora em um país com outra língua.

Por tanto, para finalizar! investir em Portugal é um excelente opção para quem esta de mudança ou até mesmo quer começar novos negócios! mas pra isso precisa-se de conhecimento e Portugal, Faça como milhares de brasileiro e venha fazer parte do time de pessoas que tomaram uma decisão em sua vida – CLIQUE AQUI

Brasileiros migram aplicações de Miami para Lisboa
Rate this post