Brasileiros inclusos: Presidente português deixa mensagem aos imigrantes em Portugal

0
27110

Marcelo Rebelo de Sousa não esqueceu a importância dos imigrantes, incluindo os brasileiros, na história de Portugal.

Em um discurso muito emocionado, nas celebrações do dia de Portugal, dia 10 de junho, o Presidente da República português relembrou que em Portugal o respeito pela diversidade e a ajuda aos refugiados e imigrantes é algo que vai ser sempre prioritário no país. Relembramos que com o nosso passo a passo atualizado para morar em Portugal todo o processo vai se tornar mais simples.

Emocionado, Presidente português fala dos imigrantes, com brasileiros inclusos

Como garante o site “Jornal de Notícias”, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, sinalizou este domingo, no Dia de Portugal, que o país prefere a “paciência dos acordos, mesmo se difíceis”, à “volúpia das roturas, mesmo se tentadoras”. Numa intervenção curta, de cerca de cinco minutos, o chefe de Estado elogiou a diáspora portuguesa e o “abraço” que Portugal dá “a quem chega, migrantes ou refugiados”, e a cultura de “pontes, diálogos, entendimentos”.

Contra a discriminação e a favor da diversidade em Portugal

O chefe de Estado teceu ainda elogios aos “muitos Portugais” que garantem “riqueza” ao país e frisou que não pode ser tolerada discriminação nesta diversidade identitária. No discurso do 10 de Junho, nos Açores, o chefe de Estado valorizou “um só Portugal” que existe, mas que é “feito de muitos Portugais, que podem e devem ser diversos”.

“Não toleraremos que [os vários Portugais] sejam discriminados naquilo que de essencial assinala o estatuto da nossa cidadania cívica, económica, social e cultural”, sublinhou. As comemorações do Dia de Portugal, que se iniciaram no sábado, continuam este domingo em Ponta Delgada, nos Açores, estendendo-se a Boston e Providence, nos Estados Unidos da América, ao final do dia.

Governo português está tomando medidas para facilitar a entrada de brasileiros

Segundo o site “Observador”, o ministro da Cultura brasileiro, Sérgio Sá Leitão, considerou que é necessário medidas concretas para que seja efetivamente possível o aprofundar e o acelerar do fluxo cultural entre Brasil e Portugal, que deve ainda envolver outros países lusófonos. “Tenho visto que a cultura brasileira, pelas mãos do mercado, tem chegado a Portugal, mas a cultura portuguesa tem chegado pouco ao Brasil e penso que isso é muito ruim para os dois países. Acho que podemos, a partir de uma política pública efetiva para isso, aumentar, intensificar e acelerar este fluxo de trocas culturais entre os dois países”, declarou à Lusa o ministro.

O ministro referiu ainda que é preciso ainda “fazer chegar (esta troca) aos demais países de língua portuguesa e, porque não, ao resto do mundo”. Sérgio Sá Leitão falou à margem da conferência “Horasis — The Global Visions Community”, que se realiza em Cascais, arredores de Lisboa, até a terça-feira. Na terça-feira, Sá Leitão vai reunir-se com o seu homólogo português, Luís Filipe de Castro Mendes.

“Eu penso que o ministro Luís Filipe tem um conjunto de ideias e sugestões e, obviamente, estamos abertos a ouvi-las e a avaliá-las. Nós também temos algumas sugestões”, referiu. “O objetivo central deste encontro é o meu desejo, é o desejo dele, e acho que é uma necessidade do ponto de vista dos dois países, que possamos não só no nível do discurso, mas concretamente aprofundar a relação cultural e o fluxo cultural entre Brasil e Portugal”, declarou.

Se quiser viver nesse país maravilhoso, tenha suas dúvidas eliminadas e faça parte da nossa enorme equipe que com nosso curso atualizado entrou e se legalizou em Portugal, sabendo de tudo para tornar o processo rápido e simples.

Brasileiros inclusos: Presidente português deixa mensagem aos imigrantes em Portugal
4.1 (81.43%) 14 votes