A CRISE RETORNA A PORTUGAL? COVID-19

0
1591
Compartilhe!

Estamos a viver dias sombrios….
Acordamos sem saber como será o dia, iremos trabalhar? As crianças vão à aula? E os infectados? Já falei com meus familiares para avisar que está tudo bem?

Fazem poucos dias que o Coronavirus chegou em Portugal, tudo mudou, tudo ainda está mudando! Cada dia uma notícia nova, um alarme, um aviso….

FIQUEM EM CASA!

FECHEM SEUS ESTABELECIMENTOS!

NÃO QUEREMOS TRABALHAR E CORRER RISCOS!

LIMITEM O ACESSO AOS MERCADOS!

Se isto não é o CAOS, já não sei o que é! Nunca vivemos tal momento.

Estamos aqui, em frente ao computador, escrevendo este artigo engasgados com o pranto que está prestes a sair pensando nas famílias que passarão pelo desemprego, pelas dificuldades financeiras. Estamos aqui a pensar em nossos governantes, que choram em silêncio e procuram passar tranquilidade para a população, sabendo que cada decisão bate forte como um martelo em seu peito.

Portugal é um país que sofreu com a crise em 2011, uma forte crise financeira. Muitos comerciantes perderam seus negócios e so começaram a ter novas esperanças em 2015. Hoje, obrigatóriamente Portugal fecha as fronteiras, ficará em quarentena e sim… isso afetará diretamente a vida de todos. PELO BEM DE UMA NAÇÃO.

Lojas encerradas, comércio limitado, instituições públicas efetuando atendimento online. Sabemos que nem todos os empreendedores resistirão a este momento. Os mais frágeis fecharão suas portas e não vão mais abrir. Pessoas ficarão desempregadas, isso já está acontecendo na Itália.

Quem está chegando ou pretende chegar, preste atenção, você NÃO conseguirá atendimento para fazer seus documentos, vai ser mais difícil de conseguir emprego e se antes falávamos para ter uma reserva financeira, hoje eu falo “Tenham duas reservas financeiras”, porque o que está acontecendo não é ficção.

Se possível espere para imigrar, fique próximo de seus familiares, espere pelas notícias dos próximos dias. Atualmente o FUTURO É INCERTO.

Por isso, peço-vos neste momento, fiquem em vossos lares, orem pelo nosso país, pelos nossos governantes, pelos profissionais de saúde e por todos que se arriscam em suas profissões para que o país funcione. Nós precisamos de cada pessoa que nos atende.

E diferente de 2011, nós como imigrantes que já estamos em Portugal faremos diferente. Vamos nos manter em Portugal, sejamos brasileiros, angolanos ou venezuelanos, não iremos fugir! Vamos lutar pelo país que nos acolheu, vamos levantar esta nação, vamos ajudar o nosso próximo e praticar a cidadania. Vamos nos unir, nacionais e imigrantes, população e governantes. Porque Portugal é nosso lar, vamos cuidar de Portugal assim como Portugal tem cuidado de nós!

Mesmo que o momento fique difícil, não vamos desistir! NÓS VAMOS RESISTIR!

E se a crise chegar, nós a mandaremos embora JUNTOS!