5 verdades que ninguém te diz sobre Morar em Portugal

0
8055
Compartilhe!

Todos sabem que Portugal é um lugar seguro, de paisagens lindas e que dispõe de uma boa qualidade de vida. Essa na verdade é a imagem mais comentada dentro de vários países pelo mundo a fora e realmente é o que se obtem na realidade. Como em qualquer outro país, Portugal tem várias faces sendo algumas delas boas e outras más.

Existem ainda situações e contextos que só são realmente comprovados quando  vistos a olho nu, esse facto vale também para Portugal quanto para outro país, qualquer que seja. Uma situação é receber a informação de fora e outra, completamente diferente, é viver no país fazendo assim parte do cotidiano. Quando se passa a fase inicial de encantamento pelo país, as expectativas da pessoa normalmente baixam e é nesse momento que o imigrante se dá conta de que está fora da sua zona de conforto, o que para muitos pode ser um choque e é nesse momento que você vê as verdades sobre Portugal que ninguém nunca te disse.

O Portugal que ninguém fala sobre

Quando qualquer pessoa comenta que vive fora do Brasil, já em logo a famosa visão de que essa pessoa é alguem com dinheiro e se o país onde mora está na Europa, é alguem de muita boa vida. Essa superestimação só comprova que existem ainda muitas crenças sobre a verdade de morar em um país europeu. Portugal é um país potencial concentrador de brasileiros emigrados, sendo assim uma espécie de Eldorado e as verdades sobre a morada em Portugal é as seguintes:

  • Se quiser ficar rico, Portugal não é o seu destino.

Existe sim pessoas que ficam ricas em Portugal, porém, temos ainda a conhecida ideia de que se você indo trabalhar para qualquer coisa, pode ganhar muito dinheiro e muito mais do que recebia no Brasil, isso não existe. Em Portugal o imigrante trabalha muito, os horários são longos e por muitas vezes abusivos, há pessoas  que tem 1 folga e outras que não tem nem direito a isso e no geral, os salários são baixos.

“Mas como uma pessoa recém-chegada pode ter qualidade de vida trabalhando tanto e ganhando pouco por isso?” A resposta é simples, o segredo está no custo de vida geral e no que a pessoa vai decidir levar, os salários são realmente baixos para o tanto de horas trabalhadas porém as despesas mais comuns seguem o mesmo padrão de baixo custo. Sendo assim, ao final do mês se consegue pagar tudo, fazer as compras necessárias mas não sobra ou quase não sobre algum dinheiro.

Quer fazer seu planejamento completo pra Morar em Portugal? CLIQUE AQUI

  • Indo além de Lisboa e Porto

O imigrante não se deve deixar enganar pelo tamanho do país e pelos 10 milhões de habitantes que tem. Em Portugal o que não faltam são lugares para conhecer e até mesmo para viver, porém, os imigrantes são normalmente atraídos para as zonas mais conhecidas o que acaba por limitar a visão de Portugal que se devia ter. Algumas cidades das cidades e concelhos mais conhecidos são: Lisboa, Sintra, Leiria, Coimbra, Aveiro, Porto e o reconhecido e conhecido por todos, o Algarve!

  • Eles falam português, nós falamos brasileiro

Nós falamos Português do Brasil (PT-BR) ou uma outra lingua qualquer mas definitamente não é Poruguês de Portugal. Existem muitas palavras com significados diferentes, escrita diferente, ainda mais o modo de pronúncia e nem se fala na gramática, é tudo muito confuso.  Todo imigrante brasileiro que vive por aqui tem de certeza alguma história para contar sobre as risadas e gafes que a diferença linguistica causa no dia-a-dia.

Com tudo, existe também uma parte pouco engraçada porque alguns portugueses, principalmente os que têm alguma idade, são intolerantes com o sotaque brasileiro e alguns até mesmo podem ser xenofóbicos, não é algo generalizado, mas acontece.

Para o imigrante encontrar emprego aqui em Portugal ou até mesmo quando se entra no meio acadêmico, dependendo dos casos, é necessário flexibilizar e adaptar o nosso português brasileiro para o deixar cada vez mais parecido com o português de portugal, com tudo, existem sim pessoas que entendem perfeitamente o português brasileiro.

  • Tem burocracia?  Tem!

A burocracia de Portugal não deixa nada a desejar comparando com a burocracia que existe no Brasil. Aqui se tem as famosas papeladas que não acabam, informações que não se encontram, formulários que devem ser somente preenchidos à mão, faculdades que só aceitam os documentos do estudante com mil e um carimbos, ida ao mesmo local pela 367  vez para resolver um só problema, tudo isso Portugal tem de sobra.

Com tudo, o que vale é que nós imigranes temos as costas largas e preparadas no que toca burocracia, estamos acostumados e por isso a ideia é sempre estar um passo à frente, guardar todos os recibos e comprovantes, apontar todos os números de protocolos e ter sempre comprovativos por escrito. O que vale sempre é o que está no papel!

  • Você vai pensar que afinal não saiu do Brasil

O povo português consome em grande quantia os nossos produtos culturais, e a grande maioria é fascinada pela nossa cultura e pelo nosso país. Alguns exemplos disso são as músicas recém-lançadas no Brasil que já estão tocando nas rádios portuguesas, as novelas passando aqui também, grande parte das nossas notícias passando em tele-jornais portugueses e existem também, pessoas tocando músicas antigas e culturais nossas em bares e restaurantes. Então, por conta de tudo o que foi acima citado, você imigrante pode pensar por vezes que nem saiu do próprio país.

Existe também uma verdade comum entre todos os imigrantes que vem para portugal viver: quem vem quer ficar e quem vai embora quer voltar. A paixão pelo país dos portugueses pode demorarpara chegar, mas quando chega, é verdadeira.