Porto – A segunda melhor cidade do mundo para se viver em 2018

0
1949

A cidade do Porto alcança o segundo lugar no ranking das melhores cidades do mundo para se viver, pesquisa feita pela Time Out City Life Index. Em primeiro lugar, está pela segunda vez consecutiva a cidade de Chicago. Entre as 10 melhores estão Nova Iorque, Melbourne, Londres e Lisboa conquista o oitavo lugar na posição.

Sim, morar em Portugal é estar entre as melhores cidades do mundo para se viver!

Com vista para o rio Douro, o Porto é uma das mais antigas cidades europeias, proveniente da margem norte do rio durante a Idade Média. Um dos aspectos mais significativos do Porto e do seu centro histórico é a paisagem ambiente, as margens do rio íngreme proporcionando um cenário dramático para a cidade. Tanto as ruas ao lado do rio como a paisagem circundante foram classificadas como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Descobrir o Porto está cheio de surpresas: Ruas cuidadosamente trabalhadas com as pedras das calçadas portuguesas, ( que outro país usa pedra branca em vez de tinta branca para demarcar os cruzamentos de pedestres?) E as lojas típicas mantêm a sensação de uma era passada enquanto a arquitetura contemporânea entra em lugares surpreendentes.

Você encontrará:

  • Cafés art-deco com pastelaria tradicional portuguesa e o melhor café da Europa: Experimente os cafés perto do antigo mercado de Bolhão ou o popular Tavi em Foz com o seu terraço com vista para o mar.
  • Praias cheias de surfistas e outros passeando pelos caminhos do Parque da Cidade ou fazendo um piquenique sob as árvores.
  • Uma vida noturna viva e sempre em mudança no centro da cidade e além. A pedra de granito local ganha vida à noite e brilha!
  • Nova gastronomia ao lado do tradicional: Experimente o sushi e a porta ao lado do peixe mais fresco grelhado antes de você nos inúmeros restaurantes na área de Matosinhos.
  • Monumentos, museus e galerias – admira-se no trabalho do arquiteto local, Siza Vieira, na galeria de arte moderna de Serralves e então coma uma de suas renomadas brownies de chocolate nos belos jardins.
  • E, claro, a exportação mais conhecida do Porto: delicioso vinho do Porto (Vinho do Porto).

Se precisa de um guia completo para morar em Portugal: CLIQUE AQUI

Portugal ainda usa muitas variedades de uva que não são usadas em qualquer outro lugar do mundo e produz uma grande variedade de vinhos de mesa e vinhos que são originais e pouco conhecidos. Uma viagem de barco até o rio Douro permite que você veja exatamente de onde vieram os sabores do vinho e seguisse a viagem que as uvas costumavam fazer dos vinhedos no Alto Douro até as adegas de Vila Nova de Gaia. Aqui você pode saborear o porto e ver os barris onde o vinho envelhece.



Para quem não conhece ainda, o City Life Index é um questionário feito por residentes de 32 cidades onde a Time Out está presente, a pesquisa é realizada por mais de 15mil pessoas que avalia o nível de cultura, alimentação, convívio, passeios, comunidade, vizinhança, felicidade, poder de compra e civilidade.

 

Porto é campeã no quesito cordialidade, sendo a cidade mais calorosa para se viver e onde os pesquisados mais gostam de habitar (cerca de 95%), a cidade também é campeã em sociabilidade, sendo a cidade mais fácil de se fazer amigos e de se apaixonar (em média 81% dos pesquisados).

Na pesquisa, nenhuma outra cidade os pesquisados expressaram tanto orgulho de viver como os pesquisados do Porto. Lembrando que 95% dos pesquisados sentem-se à vontade de ser como realmente são, sem sentir a necessidade de mudar.

Na pesquisa realizada, os residentes no Porto não querem ir embora.

Porto mudou? Sim! Na pesquisa realizada 49% dos pesquisados respondem que a cidade mudou muito e mudou para melhor, 14% dos entrevistados responderam que mudou pouco para melhor, mas que realmente mudou. Estas respostas estão superiores as cidades da Europa como Lisboa, Madrid, Barcelona, Londres, Zurique, Paris, Manchester, Berlim e Edimburgo.

Mas também há resultados negativos, os residentes consideraram receber uma média de 13.676,30 anuais, números que estão no final da tabela européia, seguido de Lisboa que a média é de 16.583,14 anuais.

As maiores preocupações de quem vive na cidade são os excessos de turistas, seguido da falta de habitação e do transito.

Com os parâmetros em mãos, o relatório da City Life Index mostra uma cidade invicta, feliz e orgulhosa de si mesma. Quando quiser saber qual é a melhor característica da cidade, os portuenses destacam-se largamente da concorrência ao optar pelas respostas “Não existe nada igual neste mundo” (24%) e “As pessoas são boas umas para as outras” (12%).