Pela família! Após 19 anos, jornalista se demite da Globo e vai morar para Portugal: ‘sacrificante’

0
25676

Mias uma celebridade muito querida do público brasileiro se mudou para Portugal, procurando mais qualidade de vida para a sua família. Relembramos que com o nosso passo a passo atualizado para morar em Portugal todo o processo vai se tornar simples.

Foi precisamente isso que aconteceu com a experiente jornalista da Globo Flávio Freire que, cansada de tudo o que se estava acontecendo na sua vida, decidiu recomeçar sua vida em Portugal, tendo até já aberto um negócio.

Disse adeus a uma brilhante carreira na Globo para viver em Portugal

Como garante o site “UOL”, quando se despediu dos antigos colegas na Globo, Flavia escreveu um longo e-mail no qual informava que queria se dedicar mais à família. Um ano depois, ela confirma a decisão. “Eu queria ter mais qualidade de vida e mais tempo pra família. A rotina na TV é muito pesada e sacrificante. São muitas horas de trabalho, fins de semana e feriados. Meus horários variavam muito e eu nem sempre conseguia passar o tempo que gostaria com o meu filho”, lembra ela que é mãe do pequeno Matheus, de 2 anos.

Flávia conta que foram meses de preparação até deixar para trás a carreira que seguiu por 19 anos. Olhando em retrospecto, a ex-repórter e apresentadora diz não ter se arrependido.“Valeu a pena e muito! Consegui o que queria. Mais tempo para mim, para minha família e para novos projetos. Hoje sou mais dona da minha vida, dos meus horários e consigo adaptar a minha rotina às minhas necessidades”, afirma. Já a saudade do Brasil é amenizada, ela conta, pelas visitas de amigos e parentes.

Chegou a Portugal e mudou de vida pessoal e profissional

Flávia Freire, que pediu demissão da TV Globo após 19 anos de casa, está prestes a iniciar uma nova fase profissional em Portugal, onde vive com o marido e o filho. Um ano depois da decisão de deixar o jornalismo, a ex-apresentadora e moça do tempo deve gerenciar uma franquia na área de estética. Ainda com pouca experiência no ramo, ela diz, em entrevista ao UOL, que “deixou a intuição falar mais alto”.

”Descobri que não consigo ficar parada, que tenho o bichinho do trabalho dentro de mim. Depois de cuidar de tudo para que estivéssemos bem instalados e adaptados, decidi seguir minha intuição e abrir um negócio próprio”, finalizou muito satisfeita a profissional, em uma longa conversa com o portal “UOL”.

Se também quiser viver nesse país maravilhoso, tenha suas dúvidas eliminadas e faça parte da nossa enorme equipe que com nosso curso atualizado entrou e se legalizou em Portugal, sabendo de tudo para tornar o processo rápido e simples.