Mais fácil! Portugal assina acordo inédito com Brasil para chegada de jovens brasileiros

0
18297
Compartilhe!

Portugal e Brasil estão tomando medidas históricas para facilitar a entrada de jovens nos dois países e lhes dar novas oportunidades, que seriam impensáveis até há pouco tempo. Relembramos que com o nosso passo a passo atualizado para morar em Portugal todo o processo vai se tornar simples.

Muito recentemente, Portugal abriu as portas das suas Universidades e Politécnicos a milhares de jovens brasileiros, com um acordo que pode mudar a vida de muitos desses estudantes.

Acordo para a chegada de mais jovens brasileiros

Por meio de um acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a Universidade Católica Portuguesa passará a aceitar os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar brasileiros interessados em estudar na instituição. Com o novo convênio, o Inep completa 28 acordos firmados com instituições portuguesas.

O primeiro convênio interinstitucional foi realizado em 2014, com a Universidade de Coimbra. As instituições portuguesas que usam o Enem têm liberdade para definir qual será a nota de corte para o acesso dos estudantes brasileiros aos cursos ofertados.

A revalidação de diplomas e o exercício profissional no Brasil dos estudantes que cursarem o ensino superior em Portugal estão sujeitos à legislação brasileira aplicável à matéria. Os convênios não envolvem transferência de recursos e não preveem financiamento estudantil por parte do governo brasileiro.

O Inep já tem convênios com as seguintes instituições portuguesas:

  • Universidade de Coimbra;
  • Universidade de Algarve;
  • Instituto Politécnico de Leiria;
  • Instituto Politécnico de Beja;
  • Instituto Politécnico do Porto;
  • Instituto Politécnico de Portalegre;
  • Instituto Politécnico do Cávado e do Ave;
  • Instituto Politécnico de Coimbra;
  • Universidade de Aveiro;
  • Instituto Politécnico de Guarda;
  • Universidade de Lisboa;
  • Universidade do Porto;
  • Universidade da Madeira;
  • Instituto Politécnico de Viseu;
  • Instituto Politécnico de Santarém;
  • Universidade dos Açores;
  • Universidade da Beira Interior;
  • Universidade do Minho;
  • Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário;
  • Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias;
  • Instituto Politécnico de Setúbal;
  • Instituto Politécnico de Bragança;
  • Instituto Politécnico de Castelo Branco;
  • Universidade Lusófona do Porto;
  • Universidade Portucalense;
  • Instituto Universitário da Maia;
  • Instituto Politécnico da Maia;
  • Universidade Católica Portuguesa.

 

Universidades portuguesas estão no topo do Mundo

Há sete universidades portuguesas entre as melhores do mundo, sendo que duas delas, a do Porto e a de Lisboa, mantêm-se entre as 400 melhores da lista, embora com uma pontuação mais baixa.

Em causa està o QS World University Rankings de 2019, que foi divulgado esta quarta-feira. Na lista encontram-se, além das universidades do Porto e de Lisboa, a Nova de Lisboa, de Coimbra, de Aveiro, do Minho e a Católica Portuguesa de Lisboa. O ranking contempla as 1.000 melhores universidades de 85 países, contando com uma análise de mais de 4.500 instituições, escreve o Expresso.

A Universidade do Porto (328º lugar) e a Universidade de Lisboa (355º) são as duas que se mantêm entre as 400 melhores, apesar de terem descido algumas posições: ocupavam a 301ª e 305ª em 2018, respetivamente.

Se quiser viver nesse país maravilhoso, tenha suas dúvidas eliminadas e faça parte da nossa enorme equipe que com nosso método atualizado entrou e se legalizou em Portugal, sabendo de tudo para tornar o processo rápido e simples.

 

Quer aprender a trabalhar em casa e sem correr riscos? CLIQUE AQUI.