Brilhe! Conheça os truques cruciais para o contratarem em Portugal

0
330

Como se trata de um país da União Europeia, muitas pessoas têm um enorme interesse em conseguir arranjar um trabalho digno em Portugal.

Estando provado que Portugal é um dos países que mais contrata brasileiros, visto que não existe nenhuma barreira linguística, é natural que as pessoas que pretendam conseguir convencer as empresas a os contratarem necessitem de algo que os faça destacar o mais rapidamente possível.

Elabore um currículo com informações claras e objetivas

É importante especificar no currículo a disponibilidade para residir em Portugal por tempo indeterminado. Além disso, as empresas portuguesas prezam pela experiência profissional do candidato, se candidate para cargos que você já ocupou no Brasil ou então que façam parte da sua área de competência e formação.

Domine a Língua Inglesa ao máximo

Além de falar o português corretamente, ainda que seja para vagas que exigem apenas o nível médio de escolaridade, o candidato deve dominar a Língua Inglesa ou qualquer outro idioma predominante na Europa. As empresas consideram essa uma das características essenciais para que brasileiros possam ocupar as vagas ofertadas, já que as regiões do país que mais contratam são as de Lisboa e Porto, cidades que recebem cada vez mais turistas.

Vai precisar de ser flexível

Ao procurar uma vaga de emprego, seja flexível. Não queira logo de cara ocupar um cargo de destaque na empresa.  Com o tempo, você terá a chance de provar a disposição e a habilidade no trabalho, o que tende abrir boas portas.

Fique por dentro das especificações do recrutamento

Em Portugal, há certas áreas que oferecem mais oportunidades do que outras. Portanto, procure conhecer os profissionais mais procurados nas empresas e os setores que mais empregam no país.

Seja um conhecedor de Portugal

Antes de arrumar as malas, é muito importante pesquisar tudo sobre como é morar em Portugal. Fique por dentro de todos os possíveis custos e obrigações legais que essa mudança necessariamente implica. Somente assim é possível saber se vale a pena mudar de país.