5 hábitos comuns que se adquirem morando em Portugal

0
4170
Compartilhe!

A mudança para outro país implica, naturalmente, uma mudança tambem de: hábitos, rotina, vida e de foco. Essas alterações podem ser, por muitas vezes, bruscas e podem causar um grande impacto, às vezes até mesmo trazer uma certa infelicidade e sensação de perda do próprio “eu”, entretanto,  como diria Fernando Pessoa, “primeiro estranha-se, depois entranha-se”.

1- Cumprimentar e conversar com pessoas que não se conhece

“Tu conhece aquela pessoa?” “Não, mas ela ficou olhando para mim e eu cumprimentei”. Simples assim. No comum de acontecer, se alguém olhava para uma pessoa e a mesma baixava os olhos ou fechava a cara. Pode não ser falta de educação mas, existe muito medo, desconfiança, receio principalmente vindo de mulheres

2- Comer sopa habitualmente

Todos os que vem visitar Portugal, começam a ter esse hábito. Nos restaurantes, é servida de entrada e no supermercado, existe sempre uma seção com vários tipos, combinações e sabores. Não dá para escapar.

3- Usar o celular na rua

Esse é um outro hábito que, é muito condicionado pela segurança. Em Portugal, você tem a total segurança para sair na rua usando o seu celular, o que acaba por ser diferente no Brasil,  como sendo um país de pouca segurança para os habitantes, que, se andarem com o seu celular pelas ruas, correm o risco de o perder.

4- Assoar o nariz na frente das pessoas, sem pudor

Com a humidade e a presença definida das estações do ano, tem sempre alguém por perto que está ou resfriado ou com coriza. E em Portugal,não existe a historia de ficar ali se fungando, esperando um momento de privacidade para conseguir limpar e assoar o nariz. Você faz o que tem que fazer e ninguém tem a ver com isso, muito menos fica olhando e pelo contrario, todos agem como se nada tivesse acontecido.

5- Desapegar de marcas

Brasileirotem o gosto e mania puxada para as marcas, sejam elas as marcas de carro, roupa, sapato e até mesmo de produto de limpeza.  A população brasileira, muitas das vezes, chama o conteúdo pelo nome da marca e pode ser bastante desconfiada com marcas desconhecidas ou “barateiras”